COMO MANTER UMA MENTALIDADE POSITIVA NAS COMPETIÇÕES?


Como manter uma mentalidade positiva nas competições para evitar o excesso de nervosismo e desempenhar o seu melhor nas pistas.

A primeira dica que eu dou é ser muito claro em relação ao que você quer alcançar.

E não é apenas sobre o que quer alcançar na competição em geral. Mas ter clareza sobre três coisas importantes que você tem que focar para ter o resultado que você quer. O que você precisa fazer, quais ações são importantes nesse momento, com esse determinado cavalo, para atingir o resultado que você quer.

Clareza gera energia e também constrói foco, através do estabelecimento de metas de processo e que te possibilitem medir de forma tangível os seus resultados.

Para ter sucesso é preciso planejar. Um exercício que faço com os meus clientes de coach é o desenvolvimento de um plano de metas de processo antes da competição, onde se define no máximo três coisas básicas, alcançáveis e tangíveis para focar no momento presente da competição.

Por exemplo, você pode focar no seu contato, no seu ritmo ou na sua respiração.

Se pergunte: Como está o meu contato na sela? O que preciso fazer para ter certeza que o meu contato está sendo eficiente?

Como está o meu ritmo? O que posso fazer agora para influenciar o meu ritmo?

Como estou respirando? Porque estou segurando a minha respiração? Algumas pessoas tendem a prender a respiração, o que gera tensão que é passada para o cavalo.

Gastamos muita energia mental e física se preocupando com coisas que fogem do nosso controle. Como por exemplo: os outros concorrentes, os juízes, o público, o tempo… O melhor a fazer é direcionar o seu foco para coisas que realmente você possa controlar e influenciar.

Você pode não ser capaz de controlar a reação do seu cavalo para uma determinada situação, mas você pode influenciá-lo através de exercícios que redirecione o seu foco e que permita que ele se sinta mais confiante e relaxado.

Você também pode influenciar a sua própria resposta ao ambiente, regulando a sua respiração, ajustando a sua postura.

Esses são alguns exemplos de maneiras simples que você pode influenciar em situações que você não controla completamente. Sempre pergunte? O que posso controlar? O que eu posso influenciar? Em seguida tome a ação necessária para influenciar a situação de forma positiva.