ESTOU COM MEDO DE SALTAR! E AGORA?


Tenho recebido regularmente emails de amazonas que estão com medo de saltar, geralmente devido a alguma experiência ruim. Então, se você está passando por essa situação, não ache que isso é um “desafio” só seu!

No que diz respeito a experiência ruim é importante entender como a sua mente armazenou a experiência. Sempre que experimentamos uma forte reação emocional que está ligada a um evento específico, os dois se tornam essencialmente interligados ou ancorados uns aos outros. Nossa mente faz isso como um mecanismo de atalho para nos impedir de repetir experiências prejudiciais ou perigosas desnecessariamente. Independentemente do resultado da experiência, sua mente interpretou-o como uma ameaça a sua segurança emocional ou física. Explicando de forma mais simples, a experiência fica armazenada no disco rígido de sua mente subconsciente.

Se pensarmos na mente como um computador, para que possamos acessar arquivos específicos, precisamos fornecer os gatilhos certos. Neste caso, saltar para você é o gatilho para o arquivo ser reaberto, e como conseqüência você experimenta uma reação negativa. Sua mente está simplesmente tentando impedir que você reviva a mesma experiência novamente.

Há três objetivos principais com os quais eu gostaria de enfatizar. O primeiro é reprogramar sua associação de saltar como negativo para associar com prazer e divertimento. Em vez de pensar sobre o quão ruim se sente ao saltar, eu quero que você troque e pense sobre o que você está perdendo por não saltar. Seja o mais emocional possível. Quero que mude o “ponto de dor”. Por exemplo, não saltar pode significar que você não está conseguindo atingir as metas que você estabeleceu para si mesma, que você está se privando de uma experiência emocionante e agradável com o seu cavalo. Pense em tudo o que você vai perder não saltando.

O segundo é criar o futuro com antecedência. Mentalize a sua visão sobre a sua equitação ideal. Você não tem que pensar demais, apenas envolva felicidade e todos sentidos possíveis. O que você vê na sua mente? O que está acontecendo ao seu redor? Como você se sente quando salta? O que você está dizendo para si mesma? Qual é o seu diálogo interno ao completar com êxito o percurso? Depois de ter criado uma imagem, viva o cenário em sua mente por alguns minutos todos os dias. A visualização é uma das ferramentas mais poderosas que temos a nossa disposição para causar mudança subconsciente.

Finalmente, trabalhe para aumentar a sua confiança. Relembre e reveja na sua mente as suas pistas de sucesso onde você possa tirar confiança e tranquilidade. E não se preocupe com a altura. Se precisar comece com varas no chão! Lembre-se, sua situação atual não é um determinante da sua realidade futura. Você está apenas retomando a sua confiança e construindo o caminho para voltar a saltar ou saltar alturas maiores.

Pense no ponto em que você está agora como ponto 0 e onde você quer chegar como o ponto 100. Entre esses dois pontos existem uma série de outros. Que pontos você poderia introduzir que irão permitir que você gradualmente construa a sua confiança saltando? Reconheça que sentimentos de desconfortos estarão sempre presentes quando você expandir os parâmetros da sua zona de conforto. Sentimentos de pânico podem significar que você foi longe demais. Avance apenas na medida em que você pode facilmente voltar. Com o passar do tempo sua zona de conforto começará a se expandir e sua confiança e capacidade de  saltar irão aumentar gradativamente e em breve você estará saltando com confiança novamente.

Se você quer saber como controlar melhor o medo, a ansiedade e ter mais prazer e sucesso com o seu cavalo, cadastre-se para a minha aula online e gratuita que será realizada no dia 30 de maio de 2017. Para saber mais e se inscrever clique aqui!