A coerência do seu ritmo cardíaco pode influenciar na maneira como você monta.


Coerência é definida como uma relação de partes lógica, ordenada e esteticamente consistente. Entender como se tornar coerente pode ser algo poderoso em sua equitação. Estados emocionais positivos produzem coerência nos sistemas humanos, e isso, por sua vez, pode propiciar melhoras significativas na sua perfomance.

A maioria de nós experimenta esse estado positivo em mais de uma ocasião: quando seu filho te abraça e te beija antes de ir para a escola, quando o seu parceiro lhe diz o quanto te ama, ou quando você monta ou cuida do seu cavalo. Esse estado emocional positivo é o resultado de uma exposição ao amor e ao cuidado. Isso pode tornar o difícil um pouco mais fácil. 

Pesquisas do Instituto HeartMath mostraram que “sustentar emoções positivas propiciam um modo funcional altamente eficiente e regenerativo, e também possibilita uma maior coerência nos padrões de ritmo cardíaco e maior harmonia entre os sistemas fisiológicos. ” Em outras palavras, quando você monta o seu cavalo com emoções positivas, seu corpo reagirá ao movimento dele de forma mais suave, coesa e mais habilidosa do que quando você está nervoso, ansioso ou com raiva. E, ainda melhor, a pesquisa também mostrou que os seres humanos podem regular a coerência do seu próprio ritmo cardíaco gerando ativamente sentimentos e intenções positivas. Você pode alcançar um estado de desempenho mais alto “pensando coisas boas”.

Como você pode substituir padrões emocionais negativos por positivos? Abaixo algumas sugestões de exercícios fáceis para você se lembrar de pensar positivamente e encontrar a coerência do coração, seja em casa ou quando estiver montando. 

Reserve uma vez por dia para recordar três coisas pelas quais você é grato. Seja específico: chuva em um clima quente e seco, poder montar o seu cavalo… Pense sobre o que você é grato, aprecie isso, e observe como você se sente fisicamente. E quando você sentir que a negatividade está ganhando terreno, lembre-se desse sentimento de gratidão.

Escolha uma nova resposta positiva a um padrão antigo e prejudicial. Em vez de sentir-se impaciente no trânsito durante o deslocamento até a hípica, use esse momento para respirar e se imaginar em perfeita harmonia com o seu cavalo. Em vez de se sentir frustrado com a desatenção do seu cavalo, pense nisso como evidência da sua energia e de seu interesse pelo ambiente ao seu redor, que podem se traduzir em animação e impulsão em outras situações.

Sorria! Por mais banal que possa parecer, montar com um sorriso nos lábios se traduz em positividade e maleabilidade em seu corpo,  diminuindo o estresse e preocupação. Eu aprendi esse truque e toda vez que me sinto tensa antes da competição, eu lembro de sorrir. Isso me ajuda a relaxar e lembrar que amo cavalos e competir. Além disso, existem razões fisiológicas para sorrir quando você está montando. Eckart Meyners, especialista em equitação e cinética, diz que quando sorrimos “ativamos cadeias musculares que percorrem o rosto, pescoço, pélvis e todo o corpo até chegar aos pés. Um cavaleiro, que está sorrindo, seguirá naturalmente o movimento do cavalo com seu corpo” (Rider Fitness: Body & Brain, Trafalgar Square Books, 2011).

Além dessa dica, eu também utilizo um sensor de biofeedback cardíaco. O uso desse sensor possibilita um melhor treinamento e otimização da coerência cardíaca, gerando um maior equilíbrio emocional e consequentemente, uma melhor perfomance.