MENTALIDADE COMPETITIVA DE SUCESSO


No mês passado, no post Se Meredith não aguentou a pressão, imagina nós! Então o que fazer?, mencionei um processo de cinco passos que uso com os meus clientes de coach. O primeiro deles envolve o desenvolvimento de uma “mentalidade de competição”, algo que é muitas vezes ignorado quando criamos e implementamos um plano para a preparação e o dia da competição.

 Criar e otimizar uma mentalidade competitiva de sucesso é muito mais do que ter uma “boa atitude”. É a respeito de criar um mundo interno que te fortifique contra a pressão externa e distrações, e permita que você monte dando o melhor de suas habilidades sempre. Essencialmente, permite a você expandir tudo aquilo que está em seu controle e deixar todo o restante de lado.
 
 Muitos estudos mostraram que se você separa um grupo de atletas com mesmo nível de habilidade e dá apenas a metade deles treinamento mental, aqueles que receberam esse tipo de orientação irão superar de forma consistente aqueles que não receberam. Isso nos prova que ser capaz de criar resultados e prever o que queremos não se trata apenas de “trabalhar duro”. Tempo de sela é essencial, mas assegurar que você esteja com a cabeça no lugar para realmente realizar coisas é algo crucial.


 Criar uma mentalidade competitiva envolve a criação de um espaço interior no qual você pode “entrar” para se preparar mentalmente e chegar ao limiar de sua mente; trata-se de alinhar todos os componentes de seu mundo interior – seu sistema de crenças, sua voz interior e sua identidade – e ver como tudo isso pode contribuir para sua realidade externa.

A chave fundamental de sua mentalidade é seu sistema de crenças. O que um cavaleiro acredita, o que ele pensa ser possível ou impossível de fato determina o que virá.

Por que isso? Sob uma perspectiva bioquímica e neurológica, quando você não acredita em algo, você está enviando ao seu sistema nervoso mensagens consistentes de que você deve limitar ou eliminar habilidades, pois não chegará a resultados. Você basicamente cria uma barreira ou limitação em relação ao que acredita ser possível. Como consequência, sua mente aceita as limitações e não mais busca maneiras de quebrar tais barreiras. 
 
 Quando repetimos ou reforçamos uma crença de modo consistente, criamos um senso de permanência que atrai o pessimismo, a procrastinação e a inação. 
 
 A chave para produzir o tipo de resultados que você deseja é apresentar as coisas para você mesmo de um modo que o coloque em um estado no qual você pode acionar ações de qualidade que te levarão ao objetivo planejado e desejado.
 
 Como suas crenças afetam o que está por vir? O que você acha que sua mentalidade competitiva poderia fazer com um pouco mais de treino?

No Programa Competir com Sucesso ensino técnicas e ferramentas para você ter uma metalidade competitiva de sucesso. Para saber mais sobre o programa clique aqui!